História

A Fundação Julita é uma iniciativa do fazendeiro e produtor de café, Antônio Manoel Alves de Lima. Foi criada em 6 de dezembro de 1951 em uma área de mais de 50 mil . Naquela época, o objetivo principal era abrigar famílias de migrantes rurais no modelo de cooperativa, no qual as famílias moravam, plantavam, colhiam e aprendiam a ler e a escrever. Ainda era oferecida assistência em relação à educação, alimentação, saúde e orientação profissional. Em 1993, o Estatuto da Fundação Julita foi reescrito, a fim de atender as novas demandas e necessidades da comunidade do Jardim São Luís e bairros vizinhos, considerada até hoje uma das regiões mais violentas da cidade de São Paulo. Com o novo Estatuto Social, a Fundação passa a beneficiar crianças, adolescentes, jovens e idosos em vulnerabilidade social. Hoje, atende diariamente cerca de 1.200 pessoas, com idades entre 4 meses a mais de 60 anos.

Missão

A missão da Fundação Julita é atender crianças, jovens e famílias em situação de vulnerabilidade social por meio de ações socioeducativas que promovam o exercício da cidadania.

Valores

A Fundação tem como base referencial 8 valores, que são trabalhados com todos os usuários:
TransparênciaCoerência | União | Responsabilidade  | Comprometimento | Respeito | Flexibilidade | Organização 

Visão

Tornar-se um referencial para o desenvolvimento humano e sua inserção social.

Linha do Tempo

Trabalho reconhecido

A Fundação nasceu de uma história de amor, Antônio Manoel Alves de Lima fundou a organização em homenagem à sua esposa falecida, Julita Prado. Hoje, uma das organizações mais antigas do país, a Fundação tem seu trabalho reconhecido por meio de certificações e diversas premiações.

Certificações

Premiações

Fale Conosco

Quer fazer uma doação, saber mais sobre a Fundação Julita ou ser um parceiro? Entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te atender!

Entrar em contato